Rui Paiva

Nasce em Lourenço Marques, Maputo, Moçambique, em 10/Janeiro/1954, onde vive até ao 20 anos.

Licenciado em Economia pelo ISEG, Instituto Superior de Economia e Gestão, da Universidade de Lisboa, desempenha funções de Monitor no 5.º ano e lecciona Economia Política até 1979, quando parte para Macau.

Pós-graduação “China Moderna”, com 17 valores, no Instituto Superior de Ciências e Política, (ISCSP).

Foi o Primeiro Presidente do Conselho Fiscal do Observatório da China.

Funções Actuais:

Investigador Integrado do OBSERVARE, Observatório de Relações Exteriores, da Universidade Autónoma de Lisboa, em Janeiro de 2013.

Membro do Conselho Consultivo do Instituto Confúcio de Lisboa.

Director do Millennium bcp, com 30 anos de banca, sendo que entre 1982 e 1997 manteve funções associadas à área Internacional da Banca.
Desenvolve desde 2001 a actividade de Curador da Colecção e gestor do Património Artístico do Millennium bcp.

Direcção da Sociedade Nacional de Belas Artes, SNBA, onde foi Presidente do Conselho Fiscal entre 2003 e 2012.
• Neste âmbito tem seguido uma carreira artística autónoma, desde 1986, quando faz cursios de Belas Artes na SNBA e começa a expor.
• Ampla obra mostrada (pintura/desenho e fotografia) em Portugal (diversas cidades) e em diversos países da Ásia: China, Macau, Hong Kong, Vietname, Malásia, Singapura, Japão, Coreia do Sul.

Desenvolveu uma actividade no Governo de Macau, começando por função pública tal como na Banca de Macau e Hong Kong, (por 13 anos ao longo do período 1979-1994).

Entre outras salienta-se, a criação de Divisão de Comércio Interno / Chefia de Divisão de Comércio Externo, Promoção de Exportações e Inspecção de Actividades Económicas.

Em 1980 é nomeado Responsável pela Repartição de Serviços de Economia, e em simultâneo o primeiro Presidente do Fundo de Desenvolvimento Industrial e Comercialização.

Volta a Macau em 1986 como Chefe de Gabinete do Secretário Adjunto da Economia , Finanças e Turismo, bem como Governador em exercício, Carlos Monjardino. Em simultâneo exerce funções de Administrador do Fundo de Pensões de Macau e membro da Comissão de Fiscalização da Autoridade Monetária e Cambial de Macau.

No campo da Cooperação, organiza e apresenta pessoalmente em nome do Governo de Macau, nas Embaixadas dos Países de Língua Oficial Portuguesa, em Lisboa, protocolos de Cooperação, adaptados às características de cada país.

Tem uma actividade ligada à banca, desde 1982, quando integra os quadros do Banco Português do Atlântico, ficando adstrito à Direcção Internacional - Gabinete de Crédito Internacional em Lisboa.
Mais tarde ao regressar definitivamente de Hong Kong, vai integrar o BCP, como Head of Correspondente Banking. Passa por outras áreas de Relações Instituições e responsabilidade Patrimonial. Cria (concepção e estrutura) o primeiro site institucional do BCP.
Acresce que representa simultaneamente em Portugal o Banco Comercial de Macau, (BCM), por vários anos.

Banca em Macau e Hong Kong: Entre 1988 e 1994 aquando no Oriente, é quadro do BPA em Macau, e do BNU em Macau e em Hong Kong.

Em Macau é o número 2 da Sucursal do BPA como Director Geral Adjunto entre 1988 e 1991, transferindo-se para o BNU Macau como Director Geral Adjunto / Director Internacional (1991-1993).

Em Hong Kong a partir de 1993, é o Chief Representative Officer do BNU, conseguindo ser eleito como um dos cinco membros do Executive Committee da The Hong Kong Foreign Bank Representatives Association (HKFBRA). Organiza nessa altura iniciativas oara bancos de HK em Macau, mormente um Seminário em torno dos Grandes Investimento em Macau.

Investigação da China. China e BRICS. China e América Latina

Participação aulas-palestras em diversas Universidades em Lisboa e Coimbra.

2012: Integração no projecto de investigação “América Latina, China e a Nova Ordem Internacional” no OBSERVARE.

Palestra sob o tema “América Latina e China: relacionamento sustentável?” no âmbito da Conferência “América Latina, China e a Nova Ordem Internacional”, na UAL, no dia 15 de Outubro de 2012.

2011: I Congresso Internacional OBSERVARE em 18 de Novembro de 2011, na Fundação Calouste Gulbenkian, subordinada ao tema: “A China em transição de Dimensão – Estabilidade ou transformação Dinâmica”.

2009: Seminário: “Os 10 Primeiros Anos da Região Autónoma e Administrativa de Macau, (RAEM)”, palestra intitulada: Um Novo Paradigma para Macau?

2008: China’s Rise and the World Factor: Financial Risks and Virtues - participação com um texto sobre a China no livro, East Asia Today coordenado pelo Professor Doutor Luís Tomé, e apoiado pelo OBSERVARE.

2007: Conferência Internacional: Seventh International CISS Millennium Conference, Buçaco, Portugal, 14-16 Junho de 2007. Comunicação intitulada: “China´s Rise and the World Factor”.

2006: Aula-Palestra no CCCM, Centro Cultural e Científico de Macau no âmbito de um Curso organizado pelo Professor Moisés Fernandes.

1998: Forum de Sinologia na Delegação Económica e Comercial de Macau em 1998:
• Comunicação sobre a Projecção Externa dos Jogos Olímpicos de Beijing.
• Painel com participação do Prof. Jean-Philippe Béja, tal como Professores da Academia das Ciências Sociais da China.
 

 

Página web: http://www.ruipaiva.com (Arte) 

Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Facebook: ruipaiva/facebook

 

hotlink_Anuario
 

hotlink_eJournal