O PAPEL DA POLÍTICA E DO AMBIENTE INSTITUCIONAL NO EMPREENDEDORISMO: EVIDÊNCIA EMPÍRICA DE MOÇAMBIQUE


Texto completo PDF | HTML

Renato Pereira

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Investigador Integrado, OBSERVARE, Universidade Autónoma de Lisboa (UAL, Portugal). Professor Associado da UAL. Professor convidado do ISCTE-IUL. Doutorado em Ciências da Gestão pela Université Paris Dauphine.

 

Redento Maia
Investigador de pós-doutoramento, OBSERVARE, Universidade Autónoma de Lisboa. Professor Catedrático da Faculdade de Economia da Universidade Agostinho Neto (Angola). Doutorado em Economia pela Universidade de Economia de Sófia (Bulgária).

 

Resumo


Este trabalho investiga a relação entre o ambiente político e institucional e o desenvolvimento do empreendedorismo em Moçambique. Com base numa revisão da literatura e com recurso a dados empíricos recolhidos em entrevistas a 10 pessoas que desempenham funções diferentes com impacto no cenário empresarial do país, os resultados apoiam a teoria existente e sugerem que este país africano ainda tem um longo caminho a percorrer na articulação entre a ação governamental e o desenvolvimento empresarial.



Palavras-chave


Estado, Política, Empreendedorismo, Moçambique, África



Como citar este artigo


Pereira, R; Maia, R (2019). "O papel da política e do ambiente institucional no empreendedorismo: evidência empírica de Moçambique". JANUS.NET e-journal of International Relations, Vol. 10, N.º 1, Maio-Outubro 2019. Consultado [online] em data da última consulta, https://doi.org/10.26619/1647-7251.10.1.7



Artigo recebido em 17 de Outubro de 2018 e aceite para publicação em 4 de Fevereiro de 2019