A RELAÇÃO ENTRE MOVIMENTOS SOCIAIS, AS TIC E A MUDANÇA SOCIAL DE ACORDO COM A COMUNIDADE CIENTÍFICA


Texto completo PDF

Belén Casas-Mas 
email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Doutoranda em Comunicação Social na Universidade Complutense de Madrid (UCM, Espanha) e Investigadora da UCM, apoiada pelo plano nacional da FPU do Ministério da Educação, Cultura e Desporto de Espanha. Tem uma licenciatura em Gestão e Atividades Turísticas (2002) pela UNED, e uma licenciatura em Publicidade e Relações Públicas (2011) pela Universidade Rey Juan Carlos, tendo ganho o prémio extraordinário de fim de curso em 2011. É mestre em Comunicação Social (2013) pela UCM, e atualmente é membro do Grupo de Investigação "Identidades Sociais e Comunicação" (UCM).



Resumo


A rápida disseminação das tecnologias da informação e da comunicação (TIC) mudou a forma como os movimentos sociais utilizam a Comunicação Pública e o farão novamente no futuro. Este artigo apresenta uma análise da literatura académica relacionada com a influência das transformações das TIC nos movimentos sociais e respetivas consequências para o consentimento social. O estudo baseia-se numa das dimensões da I&D: "Produção Social de Comunicação e Reprodução Social na Era da Globalização". É realizado através de uma análise do conteúdo das representações prestadas pelas instituições científicas que intervêm na reprodução social do significado. Dentro do quadro teórico da Produção Social da Comunicação, a análise inclui um corpus de 180 futuros cenários da literatura científica e técnica nesta área. Os resultados sugerem que as TIC promovem o acordo entre vários grupos sociais, mas que esse fato pode simultaneamente desencadear conflitos com outras instituições ou governos.



Palavras-chave


Novas tecnologias, reprodução social; transformação social; movimentos políticos; ONGs; comunicação pública.



Como citar este artigo

 

DOI: https://doi.org/10.26619/1647-7251.8.2.8 



Artigo recebido em 17 de Maio de 2016 e aceite para publicação em 31 de Julho de 2016