I Congresso logo

PROGRAMA PORMENORIZADO
(na Sede da Fundação Calouste Gulbenkian)

 

Numa situação internacional em mudança acelerada, aumenta o grau de incerteza sobre o sentido dos acontecimentos e a sua previsível evolução. Daí a vantagem de ensaiar o inventário das tendências em curso no mundo presente, de modo a identificar os papéis dos múltiplos actores que interagem no cenário das relações internacionais. Este Congresso científico pretende constituir um espaço de encontro, de diálogo e talvez de confronto, entre os cientistas sociais portugueses e estrangeiros que nele participam e que desejam aprofundar essas tendências da actualidade internacional, nos seus vários domínios: político, diplomático, estratégico, económico, social, cultural e ambiental, ao mesmo tempo que – sempre que possível – se tenha em conta a posição de Portugal neste complexo contexto internacional.


1.º dia de trabalhos
(quarta-feira, 16 de Novembro de 2011)
Instalações da Universidade Autónoma de Lisboa (Rua de Santa Marta 56)


14h30: Inscrição dos congressistas


15h00: Abertura do Congresso
Saudação aos congressistas e introdução aos trabalhos das Secções


15h30-18h00: quatro sessões a funcionar em simultâneo

Sessão A1 – Auditório 3 da UAL – Preside à mesa: Isabel Estrada Carvalhais (Professora da Universidade do Minho)
Comunicação de abertura: Helena Rato (Investigadora do Instituto Nacional de Administração)

Sessão A2 – Auditório 2 da UAL – Preside à mesa: José Manuel Anes (Professor da Universidade Nova de Lisboa; Presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo)
Comunicação de abertura: Manuel Monteiro Valente (Jurista; Professor da Universidade Autónoma de Lisboa; membro da Rede Portuguesa de Estudos de Segurança)

Sessão A3 – Sala 28 da UAL – Preside à mesa: José Eduardo Garcia Leandro (General)
Comunicação de abertura: Maria do Céu Pinto (Professora da Universidade do Minho)

Sessão A4 – Sala 29 da UAL – Preside à mesa: Armindo Saraiva Matias (Director do Departamento de Direito da UAL)
Comunicação de abertura: Francisca Saraiva (Professora do ISCSP; Assessora do Instituto da Defesa Nacional) 

18h00: Beberete (na Sala de Actos da UAL)

 

2.º dia de trabalhos (quinta-feira, 17 de Novembro de 2011)
Fundação Calouste Gulbenkian 


Auditório 2


9h30: Sessão de Abertura
 

As boas-vindas da FundaçãoRui Vilar (Presidente do Conselho de Administração da Fundação Calouste Gulbenkian)

 

Os 25 anos da Universidade Autónoma de Lisboa e os objectivos do CongressoLuís Moita (Director do OBSERVARE e coordenador do Congresso)



10h00-11h00: Primeira sessão plenária – Novos contornos da globalização: o positivo e o negativo


Vimos falando há três décadas do processo de globalização. Mas as alterações geopolíticas e as ondas de choque das crises financeiras, económicas e sociais vieram modificar os seus contornos? A afirmação dos nacionalismos e os instintos proteccionistas puseram em causa a globalização tal como a conhecíamos? E com essas alterações assistimos a uma fragilização da segurança internacional?



Preside à mesa e apresenta: Helena Carreiras (Subdirectora do Instituto da Defesa Nacional; Professora do ISCTE-IUL)


10h00-10h30: Conferencista – Paul Kennedy (Professor da Universidade de Yale; EUA)


10h30-11h00: Debate – Moderadora: Teresa de Sousa (Especialista em política internacional; jornalista no jornal PÚBLICO)
 


11h00-11h30: Coffee break
 


11h30-12h30: Segunda sessão plenária – Dinâmicas de emprego e alterações mundiais


A análise do mundo contemporâneo obriga à compreensão de fenómenos sociais de envergadura que atravessam as fronteiras e que alteram o horizonte dos processos internacionalizados: os problemas do trabalho e do emprego, as tendências demográficas, os fluxos migratórios, os movimentos de cidadãos, os circuitos de comunicação, as permutas culturais e tantas outras dinâmicas presentes nas nossas sociedades. Qual o impacto dessas dinâmicas nas mudanças mundiais? Que interacções se podem identificar entre estes processos sociais e os centros de decisão políticos e económicos?
 


Preside à mesa e apresenta: João Ferreira de Almeida (Sociólogo; Professor do ISCTE-IUL)


11h30-12h00: Conferencista: Christoph Scherrer (Especialista em Economia Política; Professor da Universidade de Kassel, Alemanha)


12h00-12h30: Debate – Moderador: Pedro Pinto (Professor da UAL; jornalista da TVI)
 


12h30-14h00 – Almoço
 


14h00-15h30: Terceira sessão plenária – Novos processos na realidade internacional


No xadrez político internacional prosseguem importantes alterações, umas mais espectaculares, outras mais discretas, mas todas elas portadoras de um elevado grau de imprevisibilidade. Tornou-se banal falar de potências emergentes, mas esse processo merece uma análise mais cuidada. Pelo seu lado, as questões estratégicas também evoluem ao sabor de novos dados, alterando-se a natureza dos
conflitos e abrindo novos horizontes para a promoção da paz.
 


Preside à mesa e apresenta: Mariano Aguirre (Director do NOREF – Norwegian Peacebuilding Resource Centre, Noruega)


14h00-14h30: Conferência – Os países emergentes

Conferencista – Mónica Hirst (Professora da Universidade Torcuato di Tella, Buenos Aires, Argentina)


14h30-15h00: Conferência – Tendências nos domínios da paz, dos conflitos e da resolução de conflitos

Conferencista – Kristian Berg Harpviken (Director do Peace Research Institute Oslo, Noruega)


15h00-15h30: Debate – Moderadora: Luísa Meireles (Especialista em política internacional; jornalista do semanário “Expresso”)
 


15h30-16h00: Coffee break
 


16h00-18h00: trabalho em 3 secções a funcionar em simultâneo
 


Secção A – Geopolítica e segurança (Sala 1)


Relator: Ana Paula Brandão (Professora da Universidade do Minho; Investigadora do NICPRI e coordenadora da Rede Portuguesa de Estudos de Segurança)


Apresentação e discussão de comunicações de carácter predominantemente político e estratégico sobre a situação internacional, ou sobre contributos teóricos para a compreensão das Relações Internacionais contemporâneas, destacando as transições mais significativas, designadamente nos domínios da geopolítica e da segurança, tanto no âmbito global como à escala regional.
 


Secção B – Economia e ecologia (Sala 2)


Relator: Henrique Morais (Economista; Professor da UAL)


Apresentação e discussão de comunicações sobre as questões económicas internacionais e sobre os grandes problemas de natureza ambiental, articulando sempre que possível estes dois domínios, abordando os temas dos recursos naturais, do desenvolvimento sustentável e, em geral, da equação entre economia e ecologia.
 


Secção C – Questões sociais transnacionais (Sala 3)


Relator: João Maria Mendes (Professor da Escola Superior de Teatro e Cinema e da UAL; Investigador do Centro de Investigação em Artes e Comunicação e do OBSERVARE)


Apresentação e discussão de comunicações sobre as questões sociais contemporâneas no seu carácter transnacional, analisando os múltiplos processos sociais, culturais, comunicacionais e outros que atravessam as fronteiras tradicionais e que influenciam em maior ou menor grau os acontecimentos mundiais.
 


Secção A – Geopolítica e segurança
 

Preside à primeira sessão da Secção A: Vítor Viana (General; Director do Instituto da Defesa Nacional)

Comunicação de abertura: Ana Paula Brandão (Professora da Universidade do Minho; Investigadora do NICPRI e coordenadora da Rede Portuguesa de Estudos de Segurança)



Secção B – Economia e ecologia


Preside à primeira sessão da Secção B: Amadeu Paiva (Economista; Professor da UAL)

Comunicações de abertura: José Reis (Economista; Presidente do Conselho Científico da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra)



Secção C – Questões sociais transnacionais


Preside à primeira sessão da Secção C: Cláudia Alvarenga Marconi (Professora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Brasil)

Comunicações de abertura: Nancy Gomes (Professora da UAL; Investigadora do OBSERVARE) e Maribel Rodríguez (Investigadora da Fundación Carolina)



20h00: Jantar




3.º dia de trabalhos (sexta-feira, 18 de Novembro de 2011)
Fundação Calouste Gulbenkian 


9h30-11h00: 1.ª sessão da manhã – Trabalho em 3 secções a funcionar em simultâneo
 


Secção A – Geopolítica e segurança


Preside à segunda sessão da Secção A: Raquel Freire (Professora da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra; Investigadora do Centro de Estudos Sociais)

Comunicações de abertura: Helena Carreiras (Subdirectora do Instituto da Defesa Nacional; Professora do ISCTE-IUL) e Carlos Gaspar (ex-Director do Instituto Português de Relações Internacionais da Universidade Nova de Lisboa; Assessor da Fundação Oriente)



Secção B – Economia e ecologia


Preside à segunda sessão da Secção B: Álvaro Dias (Director do Departamento de Ciências Económicas e Empresariais da UAL)

Comunicação de abertura: Manuel Farto (Economista; Professor da UAL e Investigador do OBSERVARE)



Secção C – Questões sociais transnacionais


Preside à segunda sessão da Secção C: Paulo Machado (Sociólogo; Investigador auxiliar do Laboratório Nacional de Engenharia Civil)

Comunicações de abertura: João Maria Mendes (Professor da Escola Superior de Teatro e Cinema e da UAL; Investigador do Centro de Investigação em Artes e Comunicação e do OBSERVARE) e Reginaldo Nasser (Professor da Pontífíica Universidade Católica de São Paulo, Brasil)
 


11h00-11h30: Coffe break
 


11h30-13h00: 2.ª sessão da manhã – Trabalho em 3 secções a funcionar em simultâneo
 


Secção A – Geopolítica e segurança


Preside à terceira sessão da Secção A: Luís Macieira Fragoso (Almirante; ex-Director do Instituto de Estudos Superiores Militares)

Comunicações de abertura: José Manuel Pureza (Professor da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra; Investigador do Centro de Estudos Sociais) e Mariano Aguirre (Director do NOREF)
 


Secção B – Economia e ecologia 


Preside à terceira sessão da Secção B: Luísa Schmidt (Investigadora do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa)

Comunicações de abertura: Viriato Soromenho Marques (Professor da Universidade de Lisboa; Coordenador do Programa Gulbenkian Ambiente)
 


Secção C – Questões sociais transnacionais


Preside à terceira sessão da Secção C: José Subtil (Professor da UAL)

Comunicações de abertura: Eduardo Costa Dias (Professor do ISCTE-IUL e Investigador do Centro de Estudos Africanos) e José Luís Garcia (Investigador do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa)
 


13h00-14h30: Almoço
 


Auditório 2


Quarta sessão plenária – As tendências internacionais e a colocação de Portugal no mundo

Preside à mesa e apresenta: Nuno Severiano Teixeira (Director do Instituto Português de Relações Internacionais; Professor da Universidade Nova de Lisboa)


14h30-15h30: Apresentação das conclusões de cada secção pelo respectivo relator


Ana Paula Brandão

Henrique Morais

João Maria Mendes


15h30-16h00: Conferência: Novas coordenadas da posição geopolítica de Portugal no mundoLuís Tomé (Professor da UAL; Investigador do OBSERVARE)


16h00-16h30: Conferência: Portugal: diplomacia económica e acção externaMiguel Santos Neves (Professor da UAL; Investigador do OBSERVARE e do Instituto de Estudos Estratégicos Internacionais)



16h30-16h45: Coffee break
 


Sessão de encerramento


16h45-17h15: 
Conferência de encerramento
Preside à mesa e apresenta: Korinna Horta (Membro do Compliance Review Panel no Inter-American Development Bank)
 

Algumas tendências e perspectivas sobre globalização, crescimento económico, igualdade e desenvolvimento – Giuseppe Ammendola (Universidade de Nova Iorque)


17h15-17h30: Debate


17h30-18h00: Balanço final do CongressoLuís Moita (Universidade Autónoma de Lisboa)

Imprimir