iicio logo 300x300

Painel 1
Atores armados não estatais: repensar a Guerra e a paz numa época de violência híbrida
Coordenação do NOREF – Norwegian Peacebuilding Resource Centre e da CRU – Conflict Research Unit, Clingendael – Netherlands Institute of International Relations
Presidiu: Mariano Aguirre, Director do NOREF

Origens e modalidades da violência armada não convencional
Ivan Briscoe

Direitos de passagem e insurreição: contrabando de drogas e o (des)fazer do Estado no Norte do Mali
Francesco Strazzari

Das alterações climáticas como arma de destruição massiva
Rui Nunes, Ana Paula Martinho e Fernando Caetano

Conflito, crime e comércio: responsabilidades legais para o negócio em conflito e violência híbrida
Mark Taylor

Tribos, bandidos e terroristas. Uma análise dos principais obstáculos legais à regulamentação abrangente da violência não-convencional
Cecilie Hellestvei

Painel 2
Economias de guerra e relações de trabalho
Coordenação do Departamento de Economia e Gestão da Universidade Autónoma de Lisboa
Presidiu: Ana Furtado, Investigadora do OBSERVARE, Professora da Universidade Autónoma de Lisboa e Auditora Coordenadora do Tribunal de Contas

“Se querem a paz, cultivem a justiça” – A primeira Guerra Mundial e a Organização Internacional do Trabalho (OIT)
Dorothea Hoehtker

A Crise de 1907 e o seu impacto na I Guerra Mundial
Rui Paiva

A dimensão económica da Segurança Humana: uma reflexão nos países desenvolvidos
Cláudia Viana Barbosa

A guerra não é barata
Luís Alves de Fraga

A “Guerra às drogas” no centenário da I Guerra Mundial
René Tapia

Painel 3

“E Depois da Guerra?”: inovação, adaptação e revolução (1914-2014)
Coordenação do CISD – Centro de Investigação em Segurança e Defesa do IESM – Instituto de Estudos Superiores Militares
Presidiu: Luís Barroso, Tenente Coronel, IESM – War College, Lisboa

A I Guerra Mundial e a transformação da defesa
Abílio Pires Lousada

A doutrina e treino militar na Primeira República: o emprego de forças terrestres na I Guerra Mundial
Cláudio Silva Ferreira

O impacto da Grande Guerra no pensamento militar português
Mário Fonseca Martinho

Pequenas potências e grandes ameaças: Portugal face às novas ameaças assimétricas
Rui Cordeiro de Azevedo

A Escola de Copenhaga e a “robotização” da vigilância aérea dos espaços marítimos nacionais
Carlos Batalha

Painel 4
Turquia, Alemanha e o Projeto Europeu

Cordenação da METU – Middle East Technical University, Ancara

Presidiu: Hüseyin Bagci, Professor e Director do Departamento de Relações Internacionais da METU

Quo Vadis Turquia e União Europeia?
Hüseyin Bağcı

Debate sobre as relações entre a UE e a Turquia face às múltiplas crises da UE
Sevilay Kahraman

Percepções turcas das relações Euro-mediterrânicas
Fatih Tayfur

Um século de metamorfoses: a Alemanha, o uso da força e a política externa
Patrícia Daehnhardt

Paz internacional, integração económica e democracia transnacional: o projecto europeu
Luís Madeira

Painel 5
As transições da violência até aos nossos dias

Coordenação do IDN – Instituto da Defesa Nacional

Presidiu: Vítor Viana, Major-General, Director do IDN

Cultura da paz e da violência. Identidade e alteridade
Isabel Ferreira Nunes

David contra Golias: um século de conflitos assimétricos (1914-2014)
Bruno Cardoso Reis

Tecnologia e governança Internacional: o papel da dissimetria tecnológica no desempenho estratégico dos EUA no período pós-bipolar
Maria Francisca Saraiva

Da Primeira Grande Guerra às guerras da quinta geração. A transformação da guerra e as novas ameaças
Pedro Silva Barata e João Piedade

Da guerra à paz: o contributo dos corpos militares com funções de polícia. A GNR no Iraque
Pedro Miguel Duarte da Graça

Serviços de informações e organizações terroristas: analogia, reciprocidade e interdependência no modo de acção
Hermínio Joaquim de Matos

Painel 6
Dinâmicas de paz e conflito na Europa

Coordenação do NICPRI – Núcleo de Investigação em Ciência Política e Relações Internacionais das Universidades do Minho e Évora

Presidiu: José Palmeira, Professor da Universidade do Minho e Director do NICPRI

Comprehensive approach e nexos securitários na narrativa europeia
Ana Paula Brandão

A geopolítica europeia em transformação: o caso ucraniano
Sandra Fernandes

UAV’s e os novos desafios para a defesa europeia
Ana Isabel Xavier

A modelação do actor securitário europeu
Liliana Domingues Reis

Os últimos dias do Marquês de Villa-Urrutia na embaixada de Espanha em Paris: a sua demissão de embaixador e a “Neutralidade Benévola” da Espanha na I Guerra Mundial
Duarte Serrano

 


 

 sombras medo i 2012


Série Sombras do Medo, 2012
Sépia e grafite sobre papel
29,5 x 42 cm
Col. Graça Morais

 


Painel 7
Europa dos Impérios à Europa das Nações: O aparecimento da questão étnica e as consequências em curso

Coordenação do CEMAS – Centro interdipartimentale di ricerca “Cooperazione con l’Eurasia, il Mediterraneo e l’Africa sub sahariana”, Sapienza, Università di Roma

Presidiu: Edoardo Boria, Investigador em Geografia Política e Económica na Sapienza, Università di Roma

Das “nacionalidades” à “nação”. O Pacto de Roma (1918)
Andrea Carteny

A proteção das minorias e a Liga das Nações
Giuseppe Motta

Catalunha: conflito nacional não violento e sem solução legal
Filipe Vasconcelos Romão

Nacionalismo e conflitualidade no espaço pós-soviético: o problema dos níveis de análise
Marcos Farias Ferreira

Genocídio: a transformação de uma besta
Evanthia Balla

Painel 8
A Grande Guerra e as relações internacionais

Coordenação do IPRI – Instituto Português de Relações Internacionais da Universidade Nova de Lisboa

Presidiu: Nuno Severiano Teixeira, Ex-Ministro da Defesa, Vice-reitor da Universidade Nova de Lisboa e Director do IPRI

A Grande Guerra e as Relações Internacionais
Carlos Gaspar

A Grande Guerra e as relações internacionais de Portugal: da Monarquia à República
David Castaño

A Grande Guerra e a ascensão da Ásia
Raquel Vaz-Pinto

A Liga das Nações: êxitos e fracassos da predecessora da Organização das Nações Unidas
Rafael Soares Pinheiro da Cunha

As consequências trágicas da Primeira Guerra Mundial
Giuliana Facco Machado, José Renato Ferraz da Silveira e Marjorie Freidhen Foletto

Painel 9
A transnacionalização dos conflitos

Coordenação do OBSERVARE da Universidade Autónoma de Lisboa

Presidiu: Brígida Brito, Investigadora do OBSERVARE e Professora da Universidade Autónoma de Lisboa

 

O espaço e as pequenas potências
Bruno Marado

Integração e segurança na América Latina
Nancy Gomes

O Brasil na Primeira Guerra Mundial e a influência de sua participação para a actual condição pacífica do País
Leandro Mendes da Costa

A África-colonial e a I Guerra Mundial: A participação africana no conflito euro-mundial de 1914-1918
Eugénio Almeida

«António da Silva, “o primeiro herói do concelho de Arganil”»
João Figueira

Simulação baseada em agente – ferramenta de diagnóstico para segurança de aeroporto: Estudo de caso de um ataque com o agente biológico antraz no Aeroporto Internacional do Galeão
Ronaldo André Furtado

 

Painel 10
Visões e discursos em torno da guerra

Coordenação do OBSERVARE, Centro de Investigação em Relações Internacionais da Universidade Autónoma de Lisboa

Presidiu: Luís Valença Pinto, General, ex-CEMGFA, Professor da Universidade Autónoma de Lisboa e da Universidade Católica Portuguesa, Investigador do OBSERVARE

 

Educar para a guerra ou educar para a paz: o debate no campo pedagógico português nas primeiras décadas do século XX
Joaquim Pintassilgo

Os dois conflitos mundiais como ilustração da ausência de anarquia internacional
António Horta Fernandes

O realismo trágico
José Renato Ferraz da Silveira

War is a racket! A emergência do discurso libertário sobre a I Guerra Mundial nos Estados Unidos
Alexandre Fonseca

Fórmulas do poder: ferramentas de apoio ao “policy maker”
Alexandre Gueiros Teixeira

 

Painel 11
Violência e margens nas Relações Internacionais

Coordenação do CES – Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra

Presidiu: José Manuel Pureza, Investigador do CES e Professor da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra

 

A eurocêntrica centralidade da guerra e a sua crítica pós-colonial
José Manuel Pureza

Das guerrilhas aos gangs: redefinições de violência política
Sílvia Roque

Da desconstrução do romantismo aos múltiplos rostos das violências – Primavera Árabe, novos media e políticas de contestação
Sofia José Santos

Violência sexual em conflitos armados: contributo para a construção de um regime de atrocidades
Susana Luísa Correia Pereira

Segurança Humana e cidadãos da UE: o impacto do Patriot Act
Ana Vanessa Silva

 

Painel 12
A Guerra e a evolução do Direito Internacional

Coordenação de RATIO LEGIS, Centro de Investigação e Desenvolvimento em Ciências Jurídicas da Universidade Autónoma de Lisboa

Presidiu: Pedro Trovão do Rosário, Professor da Universidade Autónoma de Lisboa e Director do RATIO LEGIS

 

A Grande Guerra e o seu impacto no desenvolvimento do Direito Internacional Humanitário (lei de Haia): a regulação das armas químicas
Miguel Santos Neves

Metamorfoses da paz e do Direito Internacional: entre a “vitória” do Realismo e o legado do Idealismo
Mateus Kowalski

Direito Internacional Humanitário: da I Guerra Mundial à actualidade. Uma reflexão
Eduardo Jorge Simões Ganilho

A Guerra como a continuação da Política por outros meios… não tripulados
João Vicente

O poder espacial e as relações internacionais: uma nova arena de conflitualidade.
João Nogueira